Notícias
25 de Julho de 2011

Sebrae mostra 356 chances de negócios para as micro e pequenas empresas

O Superintendente do Sebrae RN, Zeca Melo, apresentou na manhã desta segunda-feira (25), o Mapa de Oportunidades para a Copa do Mundo de 2014.

O evento foi realizado no Olimpo Recepções e contou com a presença do presidente do Sebrae Nacional, Luiz Barretto, do vice-governador do RN, Robinson Farias, da prefeita de Natal, Micarla de Sousa, e do ex-técnico da seleção brasileira de futebol, Carlos Alberto Parreira.

O levantamento identificou 356 oportunidades de negócios para as micro e pequenas empresas do estado, nos segmentos da Construção Civil, Tecnologia da Informação, Têxtil e Vestuário, Turismo, Produção Associada ao Turismo, Comércio Varejista, Agronegócios e Serviços.

O Mapa foi encomendado pelo Sebrae à Fundação Getúlio Vargas (FGV). A partir do estudo, foi possível identificar as chances de negócios em cada cidade-sede da Copa do Mundo. Natal é a quarta a receber o evento, que já passou pelo Rio de Janeiro, Brasília e Cuiabá.

Com investimentos iniciais da ordem de R$ 3 milhões, oriundos do Sebrae Nacional e Estadual, o programa irá trabalhar projetos de capacitação empresarial e orientação específicos para cada setor econômico.

"Nestes três anos que antecedem o mundial, mais projetos serão desenvolvidos, com a possibilidade de ampliar os investimentos para R$ 5 milhões", revelou o diretor técnico do Sebrae RN, João Hélio Cavalcanti.

De acordo com o superintendente do Sebrae RN, Zeca Melo, o programa teve início antes mesmo da realização da Copa da África do Sul, em 2010. Uma equipe do Sebrae visitou o país antes do evento e identificou os setores que mais cresceram e se beneficiaram com a realização da Copa.

"Vamos aplicar esse estudo para que as nossas micro e pequenas empresas aproveitem as oportunidades de crescimento antes, durante e após a Copa de 2014. Queremos aproveitar ao máximo essa nossa chance de ser cidade-sede e toda a exposição mundial que o evento vai nos proporcionar. Para se ter uma ideia, a Copa do Mundo é o evento mais visto no planeta, assistido por cerca de 3 bilhões de pessoas, e Natal será destaque em tudo isso", destacou Zeca Melo.

O estudo mostra 61 oportunidades de negócios para o setor do Comércio Varejista. São negócios que envolvem a comercialização de itens nas áreas de alimentos e bebidas, artigos de uso pessoal, bazar utilidades doméstica, e outros.

No setor de Turismo, há a possibilidade de se criar 56 oportunidades nas áreas de agenciamento de viagens, alojamento, transporte e serviços de apoio à atividade, assim como o desenvolvimento de atividades ligadas a turismo de aventura, como o buggy, kite surf e trekking.

Na área de Produção Associada ao Turismo, são 54 oportunidades, com projetos para desenvolver a cultura e o artesanato voltados para o mercado, em especial o trabalho junto às lojas de hotéis, centros de artesanato e feiras de turismo.

O setor da Construção Civil também está entre os setores apontados como prioridade, com 49 oportunidades identificadas nas áreas administrativas, canteiros de obras, fiscalização e gerenciamento. "A especialização e cadastro de mão de obra também está dentro dos projetos do Sebrae 2014 para o setor", disse o superintendente.

Nos setores de Agronegócios, Têxtil e Vestuário, Tecnologia da Informação e Serviços juntos, foram 136 oportunidades identificadas. O estudo servirá de base para a elaboração e execução desses projetos, que visam a preparação das micro e pequenas empresas para o mundial.

Na tarde desta segunda-feira, o evento continuará na sede do Sebrae Rio Grande do Norte, a partir das 14h30. Haverá painéis setoriais voltados exclusivamente aos empresários dois oito segmentos trabalhados no mapeamento. A proposta é elaborar os planos de ações para um deles.

*Fonte: Portal Mercado Aberto

 

 

newsletter

webmail


ponto criativo