Notícias
28 de Fevereiro de 2019

Confira dicas para tornar o seu carnaval sustentável

Quanta poluição cabe num bloco de carnaval? Todo ano milhões de pessoas tomam as ruas na maior festa a céu aberto do país, mas a quantidade de foliões é proporcional ao volume de lixo. 

A produção excessiva de lixo não é um problema só para o meio ambiente, mas também atrapalha o conforto de quem quer aproveitar a festa num espaço limpo. Além disso, os resíduos nas ruas e esgotos sobrecarrega a equipe de limpeza urbana, uma situação que pode levar um tempo mais longo do que o feriado para se resolver. Na hora de curtir a folia gerando menos impacto ambiental, vale a pena resgatar aquela fantasia de outros carnavais e aproveitar estas sete dicas sustentáveis.

 

Brilhe com glitter biodegradável

Glitter e purpurina são acessórios indispensáveis nas produções de carnaval. Estão presentes dos pés à cabeça dos foliões, mas essas micropartículas de brilho são prejudiciais à natureza, em especial à vida marinha. O glitter é feito basicamente de plásticos, metais e químicos que não podem ser reciclados e levam muito tempo para se decompor. Além disso, o seu tamanho minúsculo torna quase impossível a filtragem pelo sistema de tratamento de esgoto. Assim, ele vai do seu corpo direto para os oceanos, se tornando mais um agravante da poluição por “microplásticos”, que afeta drasticamente o ecossistema. É possível continuar brilhando no carnaval sem poluir o meio ambiente. Muitas marcas já produzem glitter biodegradável a partir de materiais naturais, como o pó de mica. Também é possível fazer o seu próprio glitter ecológico em casa, utilizando sal ou gelatina vegetal.

Faça seu próprio confete ecológico

Outra coisa que sempre tem nas festas de carnaval são os confetes e serpentinas, que no fim das contas são, literalmente, plástico e papel jogados no chão. Mais uma vez temos um problema de desperdício e produção de mais lixo desnecessário. Se você não abre mão de festejar com confete, uma alternativa é produzir o seu próprio utilizando papel reciclado ou melhor ainda, folhas e flores secas. Tudo que você precisa é de um furador de papel para produzir confetes biodegradáveis.

newsletter

webmail


ponto criativo